Com medo de envergonhar as filhas, esse homem sempre mentiu onde trabalhava, até agora

Existem diversas histórias de pais que fazem de tudo para dar uma vida confortável para seus filhos, como deve ser a história dos pais de alguns de nossos leitores.

Bom, hoje nós resolvemos contar para vocês a história de um homem chamado Idris, um homem que nasceu pobre, mas apesar disso, jamais desistiu de dar tudo do bom e do melhor para a sua família. Idris era um trabalhador, que fazia a limpeza de esgoto, e por sentir vergonha da sua profissão escondia tudo de suas filhas.

Fazer limpeza de esgoto, para quem não sabe, é considerada uma das piores profissões do mundo, pois muitas vezes o trabalhador tem de entrar no esgoto sem nenhuma proteção ou segurança, tudo isso para fazer o seu trabalho e conseguir o seu sustento.

A história de Idris passou pelos ouvidos de um fotógrafo chamado GMB Akash, quando ele estava em Bangladesh. O próprio Idris contou a história para Akash, que ficou completamente comovido. Akash achou que todo mundo deveria escutar a história de vida de Idris, e resolveu fazer um post em sua página do Facebook para divulgar a história comovente de Idris. A história de Idris vocês podem conferir abaixo:

“Nunca disse para minha família no que eu trabalhava. Nunca quis que elas sentissem vergonha de mim, e quando elas me perguntavam, eu dizia que era apenas um operário. Quando saia do trabalho eu tomava banho em banheiros públicos para que não sobrasse pistas do meu trabalho. Eu queria que minhas filhas fossem a escola, queria que elas ficassem em frente às pessoas com dignidade, que ninguém as olhasse para baixo como já fizeram comigo.

Eu investi cada centavo recebido na educação das minhas filhas, Nunca comprei uma camisa nova para mim, pois eu usava o dinheiro para comprar livros. Respeito era tudo que eu queria ganhar. Eu era um limpador. No dia anterior a data de admissão de minha filha na universidade, eu não tinha dinheiro para pagar a sua matrícula. Não pude trabalhar nesse dia. Eu sentei do lado do lixo e tratei de segurar as minhas lágrimas. Todos os meus colegas estavam me olhando, mas nenhum deles se aproximou. Eu tinha falhado, estava com o coração machucado e nenhuma ideia de como diria a minha filha que não dava conta de pagar a matrícula.

Nasci pobre. Nada de bom pode acontecer a uma pessoa pobre. Após o trabalho, todos os colegas se aproximaram de mim, se sentaram ao lado e me perguntaram se os considerava irmãos. Antes de eu responder, eles colocaram seus ganhos do dua em minhas mãos. Quando eu disse que não precisava, todos eles disseram o seguinte:

– “Morreremos de fome hoje se for necessário, mas nossa filha tem que ir à universidade.”

Eu não soube o que dizer, nesse dia nem tomei banho, cheguei em casa sujo e fedendo com um original limpador de esgoto que eu era. Hoje minha filha está a ponto de terminar a faculdade. Três delas já não me deixam trabalhar. Minha filha conseguiu um trabalho de meio período, e regularmente, ela me leva ao meu antigo trabalho e compra comida para dar aos meus colegas. Eles riem e perguntam a ela porque faz isso, e ela responde:

– “Vocês não comeram naquele dia e assim vou poder me formar e ser o que sou agora. Rezem por mim para que possa alimentá-los a cada dia.”

Hoje em dia não me sinto mais um pobre. Com filhas assim, como eu poderia ser pobre?”

Fonte: Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.